2 de maio de 2007

O Ornabi vai fechar

Freqüentei muito o Sebo Ornabi na época de faculdade. Ainda que os preços de lá fossem proibitivos para mim e apesar de nunca ter apreciado a prática de darem o preço conforme a cara do freguês, eu não tinha como fugir do atrativo de salas empoeiradas e abarrotadas de livros e da mesinha posta como se aguardasse o Fernando Pessoa voltar do banheiro.

Freqüentei muito e comprei pouco, é fato. Mas agora, que o Ornabi é quase página virada, fica a impressão de que posso ter freqüentado pouco e que posso comprar ainda um pouquinho mais. O Seu Luiz, português dono do Ornabi, promete liquidar tudo até o fim de maio, com descontos progressivos até acabar o estoque. Vou lá este sábado, que fica aberta até às 13h. Trarei fotos para o Medianeiro.

Para mais informações, aqui as notícias de OESP, CARTA CAPITAL e FOLHA sobre o fechamento do Ornabi.

2 comentários:

ana rüsche disse...

é que ninguém güenta a concorrência do sebo do bactéria, hahá.

e, por incrível que pareça, o ornabi foi um dos lugares mais loucos que já freqüentei.

beijos

Fábio Aristimunho disse...

Ana, aquele lugar era muito doido, eu me sentia na própria Biblioteca de Babel do Borges.

Bom, não deu pra ir lá este fim de semana, mas no próximo é sem falta.

Bjo.